• Juste Imóveis

10 dicas infalíveis para economizar em casa e não terminar o mês no vermelho


Foto: freepik

Aprenda a cuidar de suas finanças pessoais e veja como pequenas mudanças podem refletir na sua qualidade de vida


Você não precisa ser um expert em economia para saber que para sobrar um dinheirinho no fim do mês é preciso economizar. É claro que, dependendo do seu objetivo, será preciso poupar um pouco mais ou menos. A boa notícia é que com algumas pequenas mudanças dentro de casa já é possível sair do vermelho. Duvida? Então, confira essas 10 dicas que ao serem implementadas na sua rotina doméstica farão uma grande diferença no seu bolso.


Conheça seu orçamento

Para conseguir economizar, o ponto de partida é saber o quanto você gasta por mês. E a melhor forma de fazer isso é montando um orçamento doméstico. Crie uma planilha, anote sua receita e faça uma relação de suas despesas. É importante anotar tudo, mês a mês, inclusive aquela balinha da padaria. Somente dessa forma será possível visualizar onde você está gastando o seu dinheiro e como poderá economizar.


Desligue os eletrodomésticos da tomada

Não é porque você apertou o botão de desligar que os aparelhos eletrônicos deixarão de gastar energia. Aquela luz vermelha também consome energia elétrica, portanto, depois de usar o seu eletrônico, lembre-se de desligá-lo da tomada.


Aproveite a luz natural

Essa é outra dica para economizar na conta de luz. Ao aproveitar a claridade natural, você evita ligar as lâmpadas dentro de cada durante o dia. Assim, abra as janelas e cortinas e deixe o sol entrar!


Tenha sua própria horta

Comece a cultivar os seus próprios temperos, como manjericão, alecrim e salsinha. Além de economizar, você também terá a certeza de que está consumindo um alimento fresco e sem agrotóxicos.


Faça a lista do mercado

Ir ao mercado sem uma lista é certeza de gasto extra. Isso porque as opções nas prateleiras podem te deixar confuso e as chances de comprar aquilo que não precisa são grandes.

Desse modo, antes de sair de casa, olhe a sua despensa e anote somente o que de fato está precisando. E na hora de encarar o supermercado, compre apenas o que está anotado.


Planeje suas refeições

Comer fora ou apelar para o delivery podem ser as atitudes que estão levando o seu orçamento para o vermelho. Por mais que a correria do dia a dia esteja lhe desestimulando a cozinhar, fazer um planejamento de suas refeições pode ajudar a economizar.


Procure tirar um dia da semana para adiantar os preparos. Essa também pode ser uma maneira de ficar de olho na saúde, já que as comidinhas caseiras costumam ser mais saudáveis.


Conta de celular

Estude o seu padrão de gastos e veja qual a melhor opção de plano para você. Se tiver mais de um aparelho na sua casa, prefira ter a mesma operadora para todos — algumas empresas oferecem preços especiais, ou ligações gratuitas para linhas com a mesma cobertura.


Opte pelo “genérico”

Muitas vezes você está pagando pela marca e não pelo produto em sim. Por isso, pense que opções genéricas podem ter a mesma qualidade e ser bem mais barata. Vale a pena pesquisar.


Venda algo pela internet

Que tal aproveitar o período de contenção para ganhar uma renda extra? Um caminho pode ser na internet, já que existem diversos sites de compras, de móveis a roupas, nos quais é possível desapegar daquilo que você não quer mais. E a dinâmica é geralmente bem simples: você anuncia e aguarda por um comprador.


Dia do gasto zero

Separe um dia do calendário para que se torne o “dia do gasto zero”. Como o próprio nome sugere, essa será a data que nada sairá de sua carteira ou conta bancária. Coloque esse dia no calendário e repita-o ao longo do ano.


Viu só como pequenas mudanças no seu dia a dia podem lhe tirar do vermelho ao final de cada mês? No começo pode ser um pouco mais complicado, mas com o passar do tempo você vai ver que toda essa economia refletirá na sua qualidade de vida.

Desenvolvido por Mídia.Crawl © 2018.