• Juste Imóveis

Porcelanato, Vinílico ou Laminado: qual escolher?


Comprou um apê? Está reformando a sua casa e não sabe qual piso escolher? Vem com a gente que podemos te ajudar!


Entrar na loja de revestimentos para escolher um piso pode ser uma tarefa árdua quando não se sabe a diferença entre os principais tipos de pisos disponíveis. Neste post, iremos explicar sobre os pisos de porcelanato, vinílicos e laminados para você conseguir definir qual se adéqua mais a sua necessidade.


1. Porcelanato: O porcelanato é o queridinho de todos nós. Versátil e com uma

porcelanato

variedade incrível vem conquistando cada vez mais o seu espaço nas residências dos brasileiros. Ele pode ser usado na parede, nos pisos internos e externos, em fachada e até mesmo para bancada de pia e cozinha! Tem variações entre lisos, marmorizados, cimentícios, madeirados… estilos a perder de vista!


Quando usá-lo: Por ser um revestimento muito resistente e não poroso, faz com que seja usual em diversas situações. Ideal principalmente para áreas molhadas ou onde a limpeza seja necessária através de lavagem.



vinílico

2. Vinílico: O piso vinílico é um revestimento feito de PVC flexível, fabricado através de materiais recicláveis. Sua instalação deve ser feita com mão de obra especializada, pois exige um nivelamento do contra piso, de forma a eliminar qualquer imperfeição, como pequenas fissuras e ondulações. Esse nivelamento é feito através de uma leve camada de PVA; após essa etapa o piso é instalado. Hoje, no mercado, existem dois tipos de instalação, o que é feito através de colagem e o de click, no qual eles são encaixados um ao outro. Um ponto muito positivo é a rapidez na instalação e limpeza na obra, pois os recortes podem ser feitos com um estilete e pode ser instalado acima de outros pisos, evitando o quebra-quebra.

Quando usá-lo: Por ser um piso térmico e acústico, pode ser usado em ambientes comerciais e residenciais, como salas, quartos e até cozinha, pois sua limpeza é prática e possui colas de instalação resistentes a água. Entretanto, ainda não é muito indicado para ambientes nos quais haverá contato continuo com a água, como banheiros.

Possui, em sua maior parte, aspectos madeirados. Ele também pode ser usado para revestir paredes e tetos.


3. Laminados:


laminado

O laminado é ideal para áreas secas e não deve ter contato direto com a água e evitar áreas muito ensolaradas. Sua instalação é semelhante ao laminado: ágil e limpa, e seu custo é beeem acessível.

Quando usá-lo: Ideal para quartos e escritórios. Por ser um piso que reverbera o som, não é muito indicada sua utilização em ambientes de alto tráfego.

E aí? Facilitou a sua escolha? Esperamos que sim!


Lembrando que para melhor aproveitamento e análise de custo-benefício entre eles, é ideal o acompanhamento de um profissional, que te auxiliará nas escolhas de acordo com a sua necessidade, além de indicar a melhor combinação entre eles, levando em conta sua estética, utilização, tamanhos, proporcionando o melhor aproveitamento e menor desperdício.


Beijo Drömmas

Desenvolvido por Mídia.Crawl © 2018.