• Juste Imóveis

Home staging: aprenda a técnica para vender seu imóvel cerca de 50% mais rápido


Serviço busca deixar imóvel mais atraente por meio de organização e decoração


A primeira impressão é a que fica; e quando se trata do setor imobiliário essa expressão ganha ainda mais sentido. Tanto é verdade que o home staging, uma tendência já consolidada nos Estados Unidos e na Europa, está ganhando força aqui no Brasil. A técnica é uma espécie de marketing para o imóvel, mas a mágica é que com ela o tempo de venda pode ser até 50% mais rápido. Portanto, se você não vê a hora de alugar ou vender a sua casa, continue a leitura porque o home staging pode ser a solução que tanto buscava.


Na maioria das vezes, o primeiro contato entre o cliente e o seu imóvel se dá por meio das fotos feitas por você ou pelo corretor e que são publicadas nos portais imobiliários. Isso significa que se elas não tiverem boa qualidade - talvez sua casa nem ganhe a chance de uma visita. Mas, se você tiver um pouco de sorte e conseguir que o possível comprador vá até seu imóvel, é bom se preparar, afinal, bastam apenas de 30 a 90 segundos para uma pessoa gostar ou não da sua casa.


Home staging na prática


O objetivo do home staging é transformar imóveis comuns em imóveis mais atrativos e, assim, ampliar o seu potencial de compra ou locação. Para isso, a técnica busca criar um novo cenário na decoração, deixando a casa com uma aparência mais agradável e atualizada.


Mas, cuidado! Para que o home staging cumpra com a missão de fazer com que aquele imóvel agrade um número elevado de pessoas — afinal, quanto mais pessoas interessadas por ele, maiores as chances de vendê-lo mais rápido e alcançar o valor desejado — , é preciso despersonificar a decoração do local. Em outras palavras, não adianta deixar a casa com a sua cara, mas sim com a do possível comprador.


Técnicas do home staging


Para aplicar o home staging é importante ter um bom conhecimento de design de interiores, afinal, você precisará saber como valorizar cada ambiente. A melhor alternativa seria recorrer a profissionais, como arquitetos e decoradores que atuam como home stagers. Mas, caso não seja possível, algumas técnicas poderão lhe ajudar.


Limpeza e organização


Essa é a primeira etapa do home staging, afinal, não dá para se imaginar vivendo em uma casa suja e bagunçada. Portanto, comece arregaçando as mangas e dando aquela geral no imóvel: estique a roupa de cama, recolha as roupas jogadas e guarde a louça da cozinha. E nada de esconder tudo dentro do armário, pois sempre existe o risco de o cliente querer dar uma olhadinha para ver o espaço.


Despersonalização


Como já dissemos, o home staging busca despersonalizar o ambiente, ou seja, retirar as características pessoais do antigo morador, mas sem precisar recorrer a mudanças drásticas com reformas.


Para isso, retire fotos e objetos de uso pessoal do alcance dos olhos dos possíveis compradores. Por incrível que pareça, eles desviam a atenção, não permitindo uma melhor visualização de sua casa.


Iluminação


Procure valorizar a iluminação natural do seu imóvel deixando janela e cortinas abertas quando ocorrer a visita. Além disso, preocupe-se com a artificial, que deverá criar um clima acolhedor no lar.


Lâmpadas brancas são duras ao olhar e não transmitem sensação de conforto. Já as de cor amarela costumam ser mais agradáveis. Uma dica é colocar abajur em cantos, pois eles também ajudam a aumentar a sensação de espaço.


Cheiro de bolo


Quer conquistar de vez o comprador? Então, uns 15 minutos antes dele chegar, coloque um bolo para assar. O cheirinho invadirá a sua casa e o cliente terá a lembrança de um lar no qual foi bem acolhido. Deixar garrafinhas com água e balinhas durante a visita também darão pontinhos extras a você.


Tipos de imóveis


O home staging pode ser aplicado em todos os tipos de imóveis: grandes, imensos, pequenos, novos, antigos, ocupados e vazios. No entanto, cada um requer uma abordagem específica. No caso de uma casa sem moradores, por exemplo, ela pode ser decorada com móveis de uma empresa e após a venda a mobília é retirada. Lembre-se, portanto, que quem adquirir o imóvel não leva nenhum dos objetos, uma vez que eles foram cedidos com a finalidade do home staging.


Benefícios do home staging


Os dados abaixo foram retirados de sites americanos. É provável que as estatísticas para o mercado brasileiro sejam um pouco diferente, mas é importante levar em consideração:

● Tempo para vender é 50% mais rápido

● Valorização de até 15% do valor do imóvel

● 90% dos usuários preferem acessar essas fotos

● 42 dias é o tempo médio de venda das casas que passaram pelo home staging

Agora que você já conhece essa técnica que promete acelerar o processo de venda ou locação do seu imóvel, confira abaixo uma seleção de “antes e depois” do home staging.


Desenvolvido por Mídia.Crawl © 2018.