• Juste Imóveis

6 dicas práticas de planejamento financeiro para realizar a compra de um imóvel

Foto: freepik

Ter em mãos as chaves da tão sonhada casa própria exige organização e estratégia. Saiba agora por onde começar!


Já estamos na contagem regressiva para 2019 e só agora você se deu conta que, mais uma vez, aquela promessa de comprar a casa própria ficou apenas na lista dos desejos. Tudo bem que a crise econômica tem dificultado bastante a realização deste sonho, mas será que não está faltando uma dose extra de planejamento entre as suas prioridades? Lembre-se que elaborar estratégias inteligentes pode ser o caminho mais curto para que você possa ter a chave do seu lar doce lar em mãos. Por isso, separamos nesse post 6 dicas práticas de planejamento financeiro para a compra de um imóvel.


Avalie seu orçamento

O primeiro passo é checar como está o seu orçamento. Confira o seu extrato bancário e faça uma planilha para anotar todas as suas receitas e despesas: salário mensal, investimentos, gastos com contas fixas e variáveis. Em seguida, subtraia o que você gasta do que ganha; o resultado será o montante que servirá para começar a economizar.


Corte despesas

Se o resultado da operação acima deu negativo é porque está na hora de cortar despesas. Comece modificando seus hábitos de consumo. Por mais óbvio que pareça, é difícil ter que abrir mão de algumas regalias. Portanto, tenha força de vontade e foque em eliminar o que é desnecessário.


Pague suas dívidas

Faça um levantamento de todas as dívidas a serem pagas. Isso lhe ajudará a ter um planejamento financeiro mais transparente, além de evitar comprometer sua renda com mais um gasto.

Corte gastos, procure uma renda extra, venda pertences que não precise mais, negocie com seus credores. Não se esqueça que com o nome sujo é muito mais difícil conseguir um financiamento.


Comece a poupar

Com as contas equilibradas e o saldo bancário positivo ao final de cada mês, comece a se esforçar para poupar. Se possível, guarde ⅓ de toda sua receita — ou tente estabelecer um percentual mínimo de sua renda para ser poupado mensalmente.

Transforme essa prática em um hábito!


Invista seu dinheiro

Aproveite esse período que está guardando dinheiro para comprar seu imóvel e faça um investimento financeiro para render ao longo do tempo. Opte por investir em alguma aplicação segura de renda fixa e com uma boa taxa de juros para proteger seu capital da inflação.


Se fizer isso corretamente, o valor resultante das aplicações poderá ser suficiente para dar uma entrada considerável no imóvel desejado.


Pesquise muito

Agora que você já conhece a sua realidade orçamentária, consegue poupar um dinheiro e o está colocando em uma aplicação financeira, já pode começar a procurar o imóvel que deseja.


Considere entre comprar um imóvel novo, usado ou na planta; avalie a área construída de acordo com seu projeto de vida — ter filhos, por exemplo —; defina a localização, uma vez que esse fator influenciará diretamente na sua rotina. Tenha cautela e analise todas as alternativas antes de tomar sua decisão.


Depois de todas essas dicas, é só arregaçar as mangas e colocar tudo em prática. O ano de 2019 já está quase aí e você terá, ao menos, 365 dias para fazer esse planejamento dar certo.

Desenvolvido por Mídia.Crawl © 2018.